• Aluana Santos

13 SINAIS DE UM RELACIONAMENTO ABUSIVO


13 SINAIS DE UM RELACIONAMENTO ABUSIVO

1. Você está sempre errada

O seu companheiro manifesta que é a autoridade no relacionamento de forma sutil, e isso faz com que você aos poucos se sinta mal, pense que você é uma pessoa burra e que para tomar decisões corretas você deve consulta-lo... E no fim, de forma indireta ele manipula suas decisões, chegando a controlar seus horários, dinheiro, sua vida.

2. Você tem medo de como seu companheiro irá reagir

Você tem medo de contar situações do seu dia-a-dia para o seu companheiro, com medo de que ele irá repreendê-la. Algumas pessoas têm até medo de sair de casa e encontrar algum amigo antigo, pois inconscientemente ela entende que aquilo é errado. Isso causa tensão, você começa a ensaiar as palavras no caso de que teria que contar ao seu companheiro, com medo de que ele julgue e te maltrate.

3. A agressão física e a “não agressão física”.

O sinal mais evidente de um relacionamento abusivo é agressão física, os tapas, empurrões... Mas também há agressões que não causam tanto dano físico, como um abraço a força mesmo quando você não quer, cutucões para você prestar atenção no que ele está falando.

4. Ele diz que ninguém vai se importar com você como ele se importa

A chantagem começa quando... “Você não vai achar uma pessoa fiel”, “Se você fizer isso quer dizer que não me ama”, “se acontecer isso de novo eu largo de você”, essas e outras mais frases são chantagens emocionais. Que faz com que você se diminua e pense que não tem valor.

5. Ele não gosta de suas conquistas

Ele desmerece o que você consegue, seja no trabalho ou na vida pessoal, tentando apontar algum defeito que poderia ser melhor, ou simplesmente dizendo que aquilo não valeu a pena, que não é importante. Na forma menos perceptível, ele começa a discutir por pequenas coisas, afim de que você comece a se sentir mal.

6. Ele te afasta

Para ele a maioria das suas amizades e familiares não são boas influências, ele começa a apontar erros e magoas que você já tinha perdoado afim de fazer com que você escute somente a ele e assim perca seus laços com outras pessoas. Infelizmente esse comportamento faz com que dificulte ainda mais o tratamento ou a saída do relacionamento abusivo.

7. Ele te culpa pelas agressões

Frases como, “você quem começou”, “você quem pediu”, “fiz isso porque você me tirou do sério” é uma forma do agressor justificar seu comportamento, porém você não é responsável pelos atos deles, não se culpe, procure ajuda.

8. Ele não quer que os outros saibam

É comum ele falar que não quer envolver os outros, “que em briga de marido e mulher, ninguém mete a colher”. E muitas vezes quando você envolve outras pessoas, ou desabafa, ou até mesmo começa a agir de forma diferente, falando que seria melhor terminar o relacionamento, ele começa a questionar sobre quem te falou aquilo.

9. Ele bate e quebra outras coisas

Bater em paredes, jogar objetos, são formas de demonstrar força e amedrontar você. Porém é uma forma de extravasar a raiva e de pedir a atenção, isso demonstra que ele está perdendo o controle e que se você não der atenção à ele, coisas ruins podem acontecer. Chegando até a ameaçar tirar a própria vida ou se mutilar.

10. Ele te controla

Ele quer controlar o que você veste, o seu cabelo, o seu sapato, tudo. E quando você sai sem ele, pergunta o que você está usando, se está usando maquiagem, etc. Quer saber com quem vai sair e que horas vai voltar, e se não voltar no horário combinado, ele te questiona novamente.

11. Ele te monitora e te persegue

Ele quer saber aonde você está agora e o que você está fazendo. Independentemente do que seja, mesmo estando em casa. Ele faz isso através de mensagens e ligações, mesmo que seja apenas para saber aonde você está.

12. Ele pede desculpas

Ele se desculpa e diz que não vai mais fazer aquilo, alguns até dizem que não farão mais se você não der motivos à ele. E diz que tudo o que ele fez é porque te ama, porque quer te proteger ou porque ele não sabe lidar direito com as emoções.

13. Ele insiste em ter relações sexuais mesmo quando você não quer

Se você diz que não quer ter relações sexuais com ele, seja porque está cansada, não está afim, ou porque naquele momento não quer, ele começa a questionar se você ainda o ama, se você não está gostando de outra pessoa, etc. Fala que queria muito aquilo, que ama você. Ou seja, ele não te força a ter relações sexuais, mas faz chantagem emocional para conseguir o que quer, desrespeitando a sua vontade.

Quem vive, ou viveu, um relacionamento abusivo, precisa de ajuda.


É possível encontrar apoio junto à Central de Atendimento à Mulher, que pode ser contatada através do telefone 180, ou em uma Delegacia da Mulher. Também é necessário a ajuda terapêutica, e uma rede de apoio de amigos e familiares.


Não ignore os sinais.


Fortalecer sua autoestima, buscar autonomia e liberdade financeira, criar relações fortalecedoras.


O primeiro passo para sair dessa relação é a decisão de sair, procure ajuda, dê uma passo de cada vez.



Com carinho,

Aluana Santos

0 visualização

Campinas - São Paulo- Brasil

aluanatranspessoal@gmail.com

Tel: (19) 99377-1558

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon